Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Aberto prazo de inscrições para eleição da CIS

Técnico-administrativo

Aberto prazo de inscrições para eleição da CIS

Votação será realizada no dia 16 de dezembro, nos campi e reitoria. Eleitos terão mandato de três anos.
por Cleyton Lutz publicado: 27/11/2019 13h06 última modificação: 29/11/2019 11h15

Os servidores técnico-administrativos do IFMS (Instituto Federal de Mato Grosso do Sul) interessados em concorrer no processo eleitoral para nova formação da Comissão Interna de Supervisão (CIS) e suas subcomissões podem fazer a inscrição a partir desta quarta-feira, 27. 

A Comissão tem por finalidade acompanhar, auxiliar, fiscalizar e avaliar a implementação e execução dos Planos de Carreira dos Cargos Técnico-Administrativos em Educação no IFMS. Também é função da CIS propor à Comissão Nacional de Supervisão as alterações necessárias para aprimoramento da carreira. 

O prazo de inscrições segue até o dia 5 de dezembro. O servidor deve se inscrever na Página do Candidato da Central de Seleção do IFMS, onde está publicado o edital de abertura do processo eleitoral.

O candidato poderá concorrer somente a uma vaga na unidade de lotação em que atua. O interessado não pode estar afastado, licenciado, ser membro do (Cosup) Conselho Superior e da Comissão de Ética, estar em cargo de direção ou lotado na Digep (Diretoria de Gestão de Pessoas) e em suas respectivas coordenações.

Dúvidas e pedidos de informações devem ser encaminhados ao e-mail .

Votação – Será realizada no dia 16 de dezembro, nos dez campi e reitoria.

A votação é facultativa e ocorrerá por meio de sistema eletrônico. Cada servidor poderá votar em até três candidatos, desde que os votos sejam para servidores distintos. O resultado preliminar será divulgado no dia seguinte.

Para compor as subcomissões dos campi e da reitoria serão eleitos três titulares e três suplentes. Já a CIS, que é vinculada ao gabinete da reitoria, será constituída de uma comissão central, que terá o membro titular mais votado em cada unidade; e de uma subcomissão (SCIS) formada pelos seis técnico-administrativos mais votados. 

O mandato será de três anos (2020 a 2022), a contar da data da posse, sendo permitida uma reeleição.