Você está aqui: Página Inicial > Notícias > Professores e tutores se preparam para atividades de 2016

Educação a Distância

Professores e tutores se preparam para atividades de 2016

Os profissionais da EAD participaram de capacitações em janeiro
por publicado: 04/02/2016 15h47 última modificação: 14/04/2016 12h33

Com o início das aulas da educação a distância do IFMS previsto para o próximo dia 15, o Centro de Referências em Tecnologias Educacionais e Educação a Distância (Cread) promoveu no mês de janeiro uma série de capacitações para os profissionais que atuam nesta modalidade de ensino.

Com aulas teóricas e práticas, os docentes receberam informações sobre a metodologia dos cursos, o pagamento das bolsas (via Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação FNDE/MEC) e as diretrizes de elaboração do material didático. Os novos professores também participaram de uma formação sobre gravação de videoaulas.

Entre as atribuições do professor está o atendimento online de estudantes, postagem de material de apoio, elaboração de instrumentos avaliativos e orientativos, organização de visitas técnicas e atuação no Ambiente Virtual de Ensino e Aprendizagem (AVEA), planejando, orientando e acompanhando o processo de aprendizagem dos alunos.

Aos tutores foi ofertada uma formação continuada, por meio de web reuniões e curso no AVEA. Entre os assuntos tratados, as atribuições do encargo, como correções de atividades e provas; orientações aos estudantes na compreensão de conteúdo e atividades; esclarecimentos de dúvidas dos alunos, entre outros.

Quadro - De acordo com o Cread, o ensino a distância do IFMS possui, atualmente, 118 bolsistas, entre professores e tutores. Os profissionais são selecionados por meio de processos seletivos.

Marcio Aurélio Ninno, 37, faz parte dos quadros da EAD do Instituto Federal há dois anos e meio. Atualmente, é professor das disciplinas de redes de computadores, sistemas operacionais e tecnologia da informação, nos cursos de Manutenção e Suporte em Informática e Automação Industrial.

Ninno também é professor no ensino presencial em uma faculdade particular de Campo Grande, e tem experiência como estudante de cursos a distância.

“Fiz duas pós-graduações a distância, além do curso técnico em Edificações pela EAD no IFMS. O aluno tem que ter mais disciplina quando estuda assim. A ferramenta, em si, é até melhor. Na plataforma online há todo o conteúdo programático do curso, apostilas, além das videoaulas”, aponta o professor.

Oferta - Atualmente, o IFMS oferta sete opções de cursos técnicos a distância, em 22 municípios de Mato Grosso do Sul.

Cerca de 2.500 alunos são atendidos, segundo dados do Sistema Nacional de Informações da Educação Profissional e Tecnológica (Sistec) de novembro do ano passado. 

Os cursos são semipresenciais. As atividades são realizadas no ambiente virtual, com aulas semanais nos polos de ensino. A oferta é feita por meio do Programa Rede e-Tec Brasil, do Governo Federal.